Conteúdo comercial | 18+ | T&C's Aplicáveis

Oitavos de final Mundial: França x Argentina

Desde que ganhou a Copa de 1986, no México, a Argentina sofreu muito na mão de europeus. Em 1990 perdeu para a Alemanha na final da Copa. Em 94 e 98 caiu para Romênia e Holanda. Em 2002 nem da fase de grupos passou, ficando atrás de Suécia e Inglaterra. E em 2006, 2010 e 2014 perdeu para a Alemanha, inclusive em mais uma final de Copa.

Agora, já nas oitavas, a equipe de Lionel Messi vai ter que encarar a França, vice-campeã da Europa e que conta com diversos jogadores do primeiro escalão do futebol mundial.

Esse confronto não era para ter acontecido agora, mas os hermanos fizeram o favor de ter uma fase de grupos pavorosa, com um empate insosso contra a Islândia, uma surra histórica levada contra a Croácia e um jogo mais histórico ainda contra a Nigéria, decidido com o pé direito de Marcos Rojo no minuto 87.

Com quatro pontos, a equipe vai encarar uma França que teve sete pontos e tem Antoine Griezmann, estrela do Atletico de Madrid, Kylian Mbappe, companheiro de Neymar no ataque do PSG, Paul Pogba do Manchester United, Raphael Varane e Samuel Umtiti de Real Madrid e Barcelona e companhia limitada.

Argentina sofreu muito na mão de europeus

Claro que quem tem Lionel Messi sempre pode sonhar com tudo, mas o astro do Barcelona sempre parece ter que fazer demais para seus companheiros, que não retribuem. Gonzalo Higuain, atacante de ponta na Juventus, mais uma vez falhou no teste para ser o matador que Messi sonha e não foi bem contra a Nigeria.

Já Kun Aguero também teve várias oportunidades, mas cadê o jogador do Manchester City com a camiseta albiceleste? Não existe e não existiu até o momento.

Porém, para ficar com bom ânimo para encarar os europeus, a Argentina pode olhar a Copa de 2014, onde não foi brilhante, mas passou por Suíça, Bélgica e a Holanda nos pênaltis. O time sabe ganhar de times europeus até, o problema é quando estamos falando do melhor do continente, que é o que a França é neste momento.

Aí os vídeos vão ter que puxar mais no tempo para a era de um camisa 10 baixo que passou por Argentina e Alemanha com brilho. Quem sabe Messi não ganha uma boa inspiração com Diego Maradona?

Aposte nos oitavos de final do Mundial